Cada like é um abraço virtual

Eu sou a rainha de começar as coisas e não terminar. Já tive incontáveis blogs, projetos e ideias que começaram e, não muito tempo depois, morreram. E, desde que comecei a fazer terapia, tenho tentado entender o que faz com que eu desista de tudo. Existem vários fatores, mas quero focar aqui em apenas um deles: falta de apoio.

Grande parte dos projetos que eu participei não envolvia dinheiro. Envolvia, sim, a intenção de ganhar dinheiro um dia, mas nunca foi a prioridade. O que me move é muita paixão e vontade de compartilhar experiências com outras pessoas, criar pontes, me expressar.

O problema é que a comunicação não existe se envolve apenas o emissor, sem receptor. O silêncio só era quebrado em dois casos: quando o projeto acabava (aí a pessoa, que nunca curtiu nada ou elogiou, vem dizer que acompanhava o trabalho) ou quando é para falar mal (não é a toa que, em um dos meus últimos projetos, o vídeo que teve mais views foi justo o que só teve comentários negativos).

É por isso que os comentários de portal parecem um inferno: as pessoas só se manifestam quando é para falar mal, na hora de elogiar elas se calam. Acontece que engajamento é engajamento, seja positivo ou negativo. É ele que faz o conteúdo crescer! Por isso que cada vez mais ideias absurdas ganham repercussão enquanto projetos maravilhosos permanecem no anonimato.

Vamos aumentar a corrente de coisas boas na internet? Curta e comente em conteúdos que você consumiu e gostou, elogie, só assim que esse ciclo de ódio que permeia a internet pode se tornar cada vez menor!

Para cada like, nasce um unicórnio.

4 thoughts on “Cada like é um abraço virtual

  1. Como sempre adoro suas reflexões, e admiro sua forma de escrever desde sempre. Não pare de escrever, tenho certeza que tem muito mais gente por aí que, assim como eu, apesar de não comentar, aguarda ansiosamente seus posts.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *